comemorações

25 de abril com artes nas janelas e na internet

Covilhã celebrará os 46 anos da revolução sem sair de casa

25 de abril com artes nas janelas e na internet
25 de abril na Covilhã.

Por causa da pandemia do coronavírus, as tradicionais homenagens nas ruas para o aniversário da Revolução dos Cravos não poderão ocorrer. Mas o 25 de abril não pode deixar de ser celebrado e as iniciativas voltam-se para a internet e também para as janelas das casas.

A Câmara Municipal da Covilhã iniciou nesta semana, a ação intitulada “Poetas da Liberdade”. A página da autarquia na rede social Facebook está a publicar até sábado (25), poemas a respeito da “Revolução dos Cravos” de autores como Manuel Alegre, Sophia de Mello Breyner Andresen, José Jorge Letria, Zeca Afonso e José Carlos Ary dos Santos. Poemas e mensagens de liberdade podem ser enviados em áudio ou vídeo para biblioteca@cm-covilha.pt, que também divulgará os materiais recebidos.

No sábado, os poemas estarão nas ruas, por meio de um carro da Câmara, que circulará as ruas com um altifalante.

“O Município apela à participação dos covilhanenses nesta iniciativa, indo às varandas e janelas das suas casas para lerem os poemas que ecoarão nas suas ruas, à passagem do carro de som”, diz o comunicado da autarquia.

Banda da Covilhã nas janelas

Se você tem algum vizinho que é integrante da Banda da Covilhã, fique de olho na tarde de sábado (25). A Banda, em parceria com a Comissão Promotora das Comemorações do 25 de abril, anunciou que convidou os seus integrantes para interpretarem, a partir das 15h, nas janelas e varandas das suas casas, a canção Grândola Vila Morena de Zeca Afonso e o Hino Nacional.

Celebração em grupo do Facebook

Outra celebração realizada em rede sociais é o grupo do Facebook intitulado 25 de abril online. Iniciativa do professor João Carlos Correia, da Universidade da Beira Interior, o espaço está aberto ao público, onde são publicados vídeos, poemas, mensagens em defesa da liberdade e notícias relacionadas à Revolução dos Cravos.

Confira o grupo

Giovanni Ramos

Pesquisador de media regionais, atua no jornalismo desde 2005. E-mail: web@redevivacidade.com