IMAGEM: Benjamin Reis/Viva Covilhã

Covilhã quer integrar mobilidade #ComoEuVou?

  •  
  •  
  •  
  •  

Na segunda reportagem do especial, conheça o projeto para o transporte público

Dos quatro elevadores da Covilhã, dois estão a funcionar e dois continuam avariados. Após a primeira reportagem da série #ComoEuVou?, na semana passada, o elevador do Goldra foi consertado e já está disponível ao público.

Enquanto aguardamos o retorno do elevador de Santo André e do Funicular de São João, o especial #ComoEuVou? traz os planos de integração da Câmara Municipal da Covilhã para o transporte.

Propostas do plano

  • Integração da mobilidade: autocarro, elevadores, aluguer de bicicletas, trotinetes e parquemento subterrâneo.
  • Passe livre mensal de, no máximo, 33,95€ (urbanos) e 38,95€ (sub-urbanos) que incluirá elevadores, tempo de parqueamento e aluguer de bicicletas.
  • Integração cicloviária Covilhã-Fundão – 13 quilómetros pela N-18.
  • 25% de desconto para estudantes do Ensino Superior.
  • 100% de desconto para estudantes do primeiro ciclo ao 12ºano e do ensino superior com morada na Covilhã.
  • Manutenção das regras atuais para idosos e detentores do cartão social.
  • Cobrança dos elevadores para turistas e não residentes na Covilhã.

A intenção da Câmara Municipal é que o novo serviço esteja disponível no segundo semestre de 2020.

Qual deve ser a prioridade para Covilhã em 2020?

 

Pesquisador de media regionais, atua no jornalismo desde 2005. E-mail: web@redevivacidade.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *