comércio

Lojas em shoppings da região com horário reduzido

Medida é facultativa, mas diminuição no faturamento preocupa lojistas

Lojas em shoppings da região com horário reduzido
Lojas do Serra Shopping com horário reduzido. FOTO: Divulgação

O despacho foi entregue aos lojistas no final da tarde de sexta-feira (13) e passou a vigorar imediatamente. No comunicado, a administração do centro comercial informa que o Serra Shopping continua funcionando normalmente, entretanto, fica facultado aos lojistas abrir os estabelecimentos até às 12h e encerrar a partir das 20h.

Segundo o despacho, “a medida tem caráter excecional e decorre do atual contexto em que se encontra o país”. Ainda segundo o comunicado, a medida “perdurará até que as circunstâncias determinam informação em sentido diverso”. A redução do horário de funcionamento das lojas vale, inclusive, para as sextas e sábados.

Procurado pelo Viva Covilhã, o Serra Shopping informou que a diretriz não é exclusiva para a cidade, mas atinge todos os centros comerciais do grupo Sonae Sierra no país . Trata-se, portanto, de uma decisão nacional que agora não está a olhar para o impacto no faturamento, mas para a saúde e proteção de todos. Quanto ao funcionamento dos cinemas, ainda não há muito a informar, pelo que os administradores aguardam as próximas horas para decidirem como agir.

Embora a decisão de abrir mais tarde e fechar mais cedo esteja a cargo dos donos dos estabelecimentos, entre os lojistas o clima é de apreensão. Alguns temem que a não observância do despacho possa gerar coimas por parte da administração. Mas a preocupação da maioria é quanto às receitas que poderão sofrer o impacto do Covid-19.

Saul Magalhães é sócio-gerente da Keyboot, loja de fabrico de chaves residenciais e automotivas e reparo de calçados. O lojista estima de diminuição de 30% no movimento de clientes. Mesmo assim, acha que a medida tomada pelo Serra Shopping deveria ter sido mais rigorosa.

“Todos nos preocupamos com a nossa família. Se o shopping fica aberto, não adianta a medida de fechar as escolas, a universidade e os infantários. Acho que deveria fechar por completo para diminuir o risco. Há três dias, tinham adolescentes espanhóis passeando no shopping e eu estou exposto ao risco. Como sócio, pra mim é péssimo, mas reduzir quatro horas não adianta”.

Supermercados também mudam horário de funcionamento

O Lidl Portugal e as lojas do Pingo Doce também adotam novos horários de funcionamento. O primeiro usou as redes sociais para informar aos clientes da decisão de encerrar as lojas às 19h, a partir de domingo (15). O acesso aos estabelecimentos também será limitado.

Já o Pingo Doce afirma que a medida é uma resposta “à emergência de saúde pública que o nosso país vive, devido à situação epidemiológica do novo Coronavírus – COVID-19”. A empresa tem 30 mil colaboradores em 430 lojas, entre elas uma na Covilhã e outra no Fundão.

Segundo a administração, a decisão foi tomada para “garantir que teremos sempre profissionais em prontidão para conseguirmos estar abertos 7 dias por semana e manter operacionais as nossas lojas e armazéns”. A partir de segunda-feira (16), o supermercado passa a abrir das 10h às 14h e das 16h às 20h.

ATUALIZAÇÃO

O mercado Rei dos Preços também anunciou alteração de horário. A partir de segunda-feira, funcionará das 10h às 16h.

Aline Grupillo

Jornalista com 20 anos de experiência em jornalismo televisivo no Brasil. E-mail: jornalismo@redevivacidade.com