Meteoestrela firma parceria com o Viva Covilhã

Projeto de Alfredo Calado será parceiro do Viva Serra da Estrela Há neve na Serra

Meteoestrela firma parceria com o Viva Covilhã
Alfredo Calado_ FOTO_ Arquivo pessoal

Projeto de Alfredo Calado será parceiro do Viva Serra da Estrela

Há neve na Serra da Estrela? Quando vai nevar? Os acessos estão liberados? Qual a temperatura? Estas são perguntas que todos os visitantes do Parque Natural da Serra da Estrela fazem no inverno. Desde 2004, uma página na internet, mantida por um covilhanense, responde às perguntas: é a Meteoestrela.

A iniciativa é do técnico superior de Proteção Civil e observador meteorológico Alfredo Calado. Ele mantém de forma independente e voluntária a página que é referência nesta matéria.

acesse
www.meteoestrela.pt

Para o Meteoestrela funcionar, Calado mantém três estações meteorológicas: uma em Covilhã, outra na localidade de Penhas da Saúde e a terceira junto à Torre e à Estância de Ski. Nesses locais, webcams registam imagens em tempo real para mostrar a situação do tempo. Quando neva, as webcams transmitem em direto, o que permite o visitante saber imediatamente quando está a nevar.

Calado também escreve previsões meteorológicas a partir dos dados coletados. Ele explica que, em tempos de neve, a frequência com que as previsões são feitas aumenta. A página da Meteoestrela traz informações atualizadas sobre temperatura, sensação térmica, humidade e a intensidade do vento.

O Viva Serra da Estrela é agora parceiro da Meteoestrela. Isso significa que o nosso leitor ficará sabendo da previsão meteorológica e também poderá ver as imagens geradas pelas câmeras instaladas em Penhas da Saúde e na Torre.

Paixão pela Serra

A paixão de Alfredo Calado pela Serra da Estrela é antiga. Covilhanense, lembra-se bem de quando a neve era ainda mais intensa na serra do que nos dias de hoje e quando o fenómeno era mais frequente na Covilhã. Integrante de grupo de montanhismo, ele revela que, embora goste da neve, há muitas opções de lazer na serra nas demais estações do ano.

A intenção ao criar o Meteoestrela era prestar um serviço tanto para os moradores da Beira Interior, quanto para os demais visitantes da serra, o que aproxima a iniciativa do portal Viva Serra da Estrela. Mas para manter o projeto, Calado ainda depende de doações.

“Essa verba não é para mim, é usada para manutenção e aprimoramento dos equipamentos”, comenta.

Quando volta a neve?

Questionado sobre a ausência de neve nos primeiros dias de janeiro, Calado afirma que as probabilidades para este mês são baixas. Segundo ele, a tendência é que volte a nevar por alguns dias, mas não o suficiente para atrair turistas que chegam com o objetivo de aproveitar os esportes de inverno ou presenciar o fenómeno.

“São tendências. A meteorologia trabalha com previsões de três dias. Depois disso, as probabilidades diminuem. Mas a neve sempre vem e é possível que a tenhamos de modo mais forte a partir de feveiro”, explica.

Giovanni Ramos

Pesquisador de media regionais, atua no jornalismo desde 2005. E-mail: web@redevivacidade.com