Jogos Florais

Primavera terá concurso de artes plásticas e literatura

Concelho de Pinhel arranca com nova edição dos Jogos Florais

Primavera terá concurso de artes plásticas e literatura
Câmara Municipal de Pinhel. FOTO: Divulgação

Em tempos de controlo da pandemia do novo coronavírus, um concurso promete movimentar a cultura no concelho de Pinhel, localizado no distrito da Guarda. O município arranca com a edição dos Jogos Florais 2020, uma tradição de origem romana em comemoração à chegada da primavera. Este ano, porém, não haverá participação presencial.

Os Jogos Florais têm como objetivo incentivar e reconhecer a criatividade através da escrita e das expressões plásticas. Os trabalhos concorrentes devem ser enquadrados em dois temas: 250 anos da elevação de Pinhel a cidade e Pinhel, cidade do vinho 2020-2021. Por causa da pandemia, no início de abril, a Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) decidiu estender a 2021 o estatuto do concelho como “Cidade do Vinho”.

Podem ir a concurso crianças (6 a 10 anos), jovens (11 aos 18 anos) e adultos a partir dos 19 anos. Na categoria Expressão Literária concorrerão trabalhos em prosa e poesia. Já na categoria Expressão Plástica, vão a concurso os trabalhos em desenho, pintura e colagem. Cada participante pode concorrer com o máximo de dois trabalhos por modalidade.

O juri será formado por representantes do município, do agrupamento de escolas e do Movimento Poético. Os prémios incluem conjuntos de livros e entradas gratuitas em cinemas. O prazo para entrega dos trabalho terá início a 15 de maio e termina a 15 de julho. Veja aqui outras informações sobre como participar.

Jogos Florais – uma história que remonta à civilização Romana

Com origem na civilização Romana, os Jogos Florais eram uma festividade em honra de Flora, Deusa da primavera, das flores, dos cereais, da vinha e das árvores frutíferas. Na primavera, mais concretamente entre o final de abril e meados do mês de maio do calendário romano, as cortesãs dançavam numa competição em que a vencedora era coroada com flores.

Mais tarde, no século XIII, a celebração dos jogos florais surgiu também como concurso literário, tendo Luís XIV instituído a Academia dos Jogos Florais para manter as tradições culturais francesas e promover a criação literária. Em Portugal, o aparecimento dos Jogos Florais aconteceu em 1936, por iniciativa da Emissora Nacional. Estes concursos literários gozaram de grande visibilidade durante o período do Estado Novo, sendo as obras vencedoras lidas durante as emissões radiofónicas da Emissora Nacional.

Aline Grupillo

Jornalista com 20 anos de experiência em jornalismo televisivo no Brasil. E-mail: jornalismo@redevivacidade.com