COVID-19

Saiba quando você pode sair de casa e o que fica aberto

Medidas do decreto valem até o dia 2 de abril

Saiba quando você pode sair de casa e o que fica aberto
IMAGEM: Divulgação

O Estado de Emergência decretado pelo presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai até 23h59min do dia 2 de abril, podendo ser renovado se a situação não melhorar.

Diferente do que ocorreu na Itália e Espanha, o decreto de Portugal possui mais liberdades para o cidadão. A orientação é para ficar em casa o máximo possível e só sair em situações onde é obrigatório.

Conheça abaixo, as principais medidas do Decreto de Emergência.

Quem não pode sair de casa?

Pessoas em vigilância por terem sintomas ou terem tido contatos com infetados pelo Covid-19.

Quem tem limitações de deslocamento obrigatórias?

Pessoas que fazem parte dos grupos considerados de risco como os idosos a partir dos 70 anos e os portadores de doenças crónicas. As deslocações são permitidas ao supermercado, farmácias e banco/ctt, no caso de reformados.

Ao público em geral, é permitido sair de casa para:

  • Trabalhar (preferir o teletrabalho)
  • Ir ao supermercado e farmácias
  • Recreação de curta duração com filhos
  • Assistência para aos pais idosos e outros familiares que necessitem
  • Passeio com animais (curta duração)
  • Serviços bancários (se não puder resolver por telefone ou internet)
  • Atividades físicas (de curta duração e sozinho).

O que continua aberto:

  • Bancos (com foco no atendimento digital e telefone)
  • Supermercados (com limitação de horários e público)
  • Farmácias (com limitação de horários e público)
  • Serviços de take away/entregas domiciliares

Recomenda-se fechar:

Restauração, centros comerciais e cafés

Serviços suspensos:

  • Serviços públicos não essenciais ou urgentes
  • Missas ou cultos presenciais
  • Discotecas
  • Estabelecimentos de ensino
  • Estruturas que aglomerem público em geral

Giovanni Ramos

Pesquisador de media regionais, atua no jornalismo desde 2005. E-mail: web@redevivacidade.com