Foto: Divulgação

“Só há um resultado: acabem com as portagens”

  •  
  •  
  •  
  •  

Presidente da CM de Pinhel defende manifestação de autarcas

O presidente da Câmara Municipal de Pinhel, no distrito da Guarda, defendeu uma manifestação pacífica dos 15 autarcas da região, incluindo os da Beira Baixa, para o fim das portagens. Para Rui Ventura, a redução da tarifa, anunciada no início desta semana, não basta para atrair visitantes e incrementar a economia e os eventos culturais programados para o interior.

Nós autarcas temos esta responsabilidade acrescida. Nós andamos aqui cada um pra seu lado e o que os governos fazem sucessivamente, e não estou aqui a por se é do PSD ou do PS, é andar a pesca à linha. Pesca à linha um autarca e ele vai se calando, pesca ali outro autarca e ele vai se calando. Nós autarcas temos que nos unir, olhar de uma vez por todas pelo nosso território.

A insatisfação, expressa na conferência de imprensa para divulgar a programação para os 250 anos da cidade, tem a ver com o anúncio de redução das portagens na A23 e A25, feito pela plataforma pela reposição das Scut. A proposta, que inclui um estudo anual para a redução progressiva da tarifa, ainda está sem percentual definido e sem data para arrancar.

A cidade de Pinhel prepara-se para a 25ª Feira das Tradições e Atividades Económicas com a previsão de receber 50 mil visitantes. Este é um dos maiores certames da Beira Interior a arrancar a 21 de fevereiro, no Centro Logístico, com a atuação do duo “Anjos”.

Para as comemorações, o concelho prepara uma espécie de “alegria engarrafada” com a promoção do vinho regional. A CM comprou à Adega Cooperativa de Pinhel 13 mil garrafas de um vinho específico, feito apenas para os 250 anos. A bebida será comercializada no posto de turismo.

 

Jornalista com 20 anos de experiência em jornalismo televisivo no Brasil. E-mail: jornalismo@redevivacidade.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *